Este Blog pretende ser também um traço de união entre quem sente, interpreta e decide o Ambiente e a Qualidade de Vida.
Quarta-feira, 05 de Julho de 2006

Polu04Ar.gifDesde a cimeira do Rio, em 1992, que a comunidade internacional decidiu enveredar por um mecanismo global visando a redução da influência antropogénica no clima.

Em 1997, há nove anos, assinava-se em Kyoto, um protocolo nesse sentido. Portugal ratifica-o em Março de 1998.

De então para cá todos sabemos as metas a que estamos obrigados entre 2008 e 2012.

Muito se tem escrito sobre Kyoto, sobretudo quando testas de ferro dos EUA, regularmente tentam, com aparente imparcialidade, pôr em causa a justificação científica, a necessidade ou a oportunidade do protocolo.

É espantoso como vêm agora muitos dos nossos ilustres empresários afirmar que devido a Kyoto, vão ter de fechar portas.

Mais, logo agora que até tinham projectos de ampliar as instalações... ou fazer novos investimentos.

Que sejam distraídos e nunca tivessem, nos últimos 9 anos, ouvido falar do protocolo que regula as emissões dos gases com efeito de estufa para atmosfera até compreendo, a quem não leia jornais ou veja televisão...

Agora que aproveitem o momento delicado da economia nacional, para tentar acenar com desenvolvimento e consequente aumento de emprego em instalações condenadas, por não competitivas e poluentes, meus senhores: haja decência!

Há países que vos aceitam sem regras, semi-escravizando milhões de seres humanos, sem respeito pela responsabilidade social das empresas, dos direitos humanos, do ambiente ou da qualidade do produto.

Deslocalizem-se para lá!

Evidenciem que o capital é apátrida!

Mostrem que os subsídios, os PEDIPs, os PEDAPs, o FSE obtidos em nome de Portugal, não serviram para nada excepto para alimentar, temporariamente, a vossa ambição egoísta!

Como se já não bastasse Portugal ser um país onde os fundos de coesão atraem empresários europeus em caça de subsídios, estabelecendo-se por cá alguns (poucos) anos e em seguida rumarem à China.

A estratégia nunca foi Portugal, a Europa ou o mundo ocidental!

O objectivo destes empresários foi, é e sempre será, exclusivamente, o seu bolso!

Kyoto, que vos serve de argumento ao fecho de portas, é para muitos outros razão de investimento: Em novos mercados, em equipamentos com vantagens competitivas, numa cultura empresarial de qualidade.

Mas o caminho da vossa dimensão é, sem dúvida, o sudoeste asiático.
publicado por saqv_ps às 09:22


mais sobre mim
pesquisar
 
Julho 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
15

16
19
21
22

23
26
28
29

30


Últ. comentários
pelo visto o plano do governo nao deu certo..
"Se as contas forem feitas de acordo com toda a ág...
Sinceramente estava mais que na altura... já a his...
Como é que é possível a média em Portugal ser de 1...
é isso ai, Alan, vc já expressou mto bem as palavr...
Parabéns á Sofia Guedes Vaz, pelo belo projeto des...
hf4YJU <a href=\"http://ukuhehkemvit.com/...
Está na hora do PS se ir embora
"As empresas de construção têm à sua disposição um...
Realmente, como é que jornalistas e quercus fazem ...
subscrever feeds