Este Blog pretende ser também um traço de união entre quem sente, interpreta e decide o Ambiente e a Qualidade de Vida.
Segunda-feira, 21 de Maio de 2007

img_cidade.gifA urbanização é um problema inseparável das alterações climáticas, sendo que as grandes cidades são tanto geradoras como vítimas potenciais deste fenómeno global, afirmou hoje em Nova Iorque a responsável pelo Programa Habitat da ONU, com sede em Nairobi.

"As cidades fazem parte do problema mas também da solução", disse Anna Tibaijuka, secretária-geral adjunta das Nações Unidas e directora do Programa Habitat da ONU, perante os delegados de uma reunião da comissão da ONU sobre desenvolvimento sustentável.

Com mais de 50 por cento da humanidade a viver em cidades, percentagem que deverá ultrapassar os 75 por cento até 2030, "é urgente que a comunidade internacional se interesse pela questão do desenvolvimento urbano sustentável", acrescentou.

"Numa altura em que o sobre-aquecimento ameaça alterar a imagem do planeta, as super-cidades, muitas delas perto do mar, arriscam-se a ser umas vítimas mortais, em especial os subúrbios mais pobres", continuou Tibaijuka. Entre estas cidades, a responsável citou Bombaim, Lagos, Cairo, Nova Iorque e Shangai como as mais ameaçadas pela subida dos oceanos.

Segundo o Programa Habitat, 80 por cento dos gases com efeito de estufa são emitidos nas cidades. Metade destes gases é produzida pela queima de combustíveis fósseis nos transportes.

"As medidas a tomar devem incluir a adopção de critérios mais exigentes de eficiência energética para os transportes, bem como na construção e na vida no interior dos edifícios".

Deve ser ainda feito um grande esforço para fornecer energia, através de fontes locais, às populações urbanas mais pobres, que representam mil milhões de pessoas em todo o mundo. Este número deverá duplicar em 25 anos.

"Não podemos ignorar as necessidades energéticas das populações urbanas pobres na nossa reflexão global sobre as alterações climáticas", concluiu.

Na segunda-feira deverá realizar-se em Nova Iorque uma conferência com os responsáveis das grandes cidades do mundo e de grandes empresas para debater a luta contra as alterações climáticas.
publicado por saqv_ps às 08:19


mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

13
15
17
19

20
22
24
26

27
29
31


Últ. comentários
pelo visto o plano do governo nao deu certo..
"Se as contas forem feitas de acordo com toda a ág...
Sinceramente estava mais que na altura... já a his...
Como é que é possível a média em Portugal ser de 1...
é isso ai, Alan, vc já expressou mto bem as palavr...
Parabéns á Sofia Guedes Vaz, pelo belo projeto des...
hf4YJU <a href=\"http://ukuhehkemvit.com/...
Está na hora do PS se ir embora
"As empresas de construção têm à sua disposição um...
Realmente, como é que jornalistas e quercus fazem ...
subscrever feeds