Este Blog pretende ser também um traço de união entre quem sente, interpreta e decide o Ambiente e a Qualidade de Vida.
Sexta-feira, 08 de Junho de 2007

southchina.jpgA escassez de energia no sul da China provocou cortes de fornecimento em várias cidades do delta do Rio das Pérolas, região responsável por 20 por cento da economia chinesa, noticiou a imprensa oficial do país.

De acordo com o jornal oficial "China Daily", as falhas energéticas na província de Guangdong, no sul da China (fronteira com Macau) levaram à suspensão do funcionamento de diversas empresas.

"A falta de energia está a paralisar a economia no delta do Rio das Pérolas e alguns investidores estrangeiros começaram já a canalizar fundos para outros locais", refere o "China Daily", sem identificar os casos de investimento abandonados na região.

"A escassez excedeu os quatro mil megawatts no seu pico, em Abril", disse ao jornal o responsável pela comissão económica e comercial de Guangdong, Yang Xinli.

As autoridades chinesas justificaram a escassez com os atrasos no início das operações de algumas novas centrais energéticas, com a falta de chuva e com o fecho de pequenas unidades energéticas devido à campanha nacional de combate à poluição.

Os responsáveis políticos regionais, avança ainda o "China Daily", planeiam importar electricidade do sudoeste da China (menos desenvolvido) e da barragem das Três Gargantas, o maior projecto hidroeléctrico do mundo, instalado no rio Yangtze.
publicado por saqv_ps às 08:01


mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
16

17
19
21
23

24
26
28
30


Últ. comentários
pelo visto o plano do governo nao deu certo..
"Se as contas forem feitas de acordo com toda a ág...
Sinceramente estava mais que na altura... já a his...
Como é que é possível a média em Portugal ser de 1...
é isso ai, Alan, vc já expressou mto bem as palavr...
Parabéns á Sofia Guedes Vaz, pelo belo projeto des...
hf4YJU <a href=\"http://ukuhehkemvit.com/...
Está na hora do PS se ir embora
"As empresas de construção têm à sua disposição um...
Realmente, como é que jornalistas e quercus fazem ...
subscrever feeds