Este Blog pretende ser também um traço de união entre quem sente, interpreta e decide o Ambiente e a Qualidade de Vida.
Segunda-feira, 19 de Novembro de 2007

petrol2.jpgA Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) reuniu-se no passado Domingo para analisar a evolução do preço do crude, depois de, na sexta-feira, o ministro do Petróleo venezuelano ter afirmado que o cartel perdeu o controlo sobre os preços.

As declarações de Rafael Ramirez podem pressionar os preços do barril, que continua a subir em direcção aos 100 dólares. “A OPEP não pode fazer nada acerca dos preços”, afirmou Ramirez, na Arábia Saudita, onde os ministros da organização se encontram reunidos.

Na sexta-feira, estas declarações provocaram uma subida de 1,61 para 95,04 dólares no preço do barril de crude, em Nova Iorque. Em Londres, subiu de 1,21 para 91,44 dólares. Os preços do petróleo podem atingir “brevemente” os 100 dólares por barril, acrescentou Ramirez. Mas a OPEP considera que não há razão para aumentar a produção até ao encontro de 5 de Dezembro, considerando que as reservas são adequadas.

Desde a decisão de aumentar a produção em 500 mil barris diários, a partir deste mês, os preços subiram 20 por cento. Na semana passada, foi estabelecido novo recorde – 98,62 dólares o barril, em Nova Iorque – perante receios de que o abastecimento não seja suficiente para enfrentar o Inverno no Hemisfério Norte. Os preços também sobem devido à preocupação de que o Irão e a Nigéria interrompam o abastecimento, bem como à opção dos investidores pelas “commodities”, face à turbulência dos mercados financeiros e à queda do dólar. O presidente da OPEP afirmou que a subida é “potencialmente perigosa”, já que pode levar os consumidores a optar por outras formas de energia.

--------------------

Irão
Opinião contrária
O presidente iraniano considera que o preço do petróleo está ainda demasiado baixo. Segundo Mahmoud Ahmadinejad, “as pressões sobre o mercado energético são artificiais e o preço do petróleo é mais baixo do que o seu valor real.” A depreciação do dólar está a provocar divisões na OPEP, entre iranianos e sauditas.

in Correio da Manhã
publicado por saqv_ps às 09:48


mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14
15
16
17

18
20
21
23
24

25
27
28
30


Últ. comentários
pelo visto o plano do governo nao deu certo..
"Se as contas forem feitas de acordo com toda a ág...
Sinceramente estava mais que na altura... já a his...
Como é que é possível a média em Portugal ser de 1...
é isso ai, Alan, vc já expressou mto bem as palavr...
Parabéns á Sofia Guedes Vaz, pelo belo projeto des...
hf4YJU <a href=\"http://ukuhehkemvit.com/...
Está na hora do PS se ir embora
"As empresas de construção têm à sua disposição um...
Realmente, como é que jornalistas e quercus fazem ...
subscrever feeds