Este Blog pretende ser também um traço de união entre quem sente, interpreta e decide o Ambiente e a Qualidade de Vida.
Sexta-feira, 23 de Março de 2007

biogas-train.gifO presidente-executivo da petrolífera disse estar disponível para promover projectos agrícolas de cereais ou oleaginosas para produção de biodiesel.

Ferreira de Oliveira afirmou aos jornalistas, à saída da sessão de apresentação da estratégia da Galp Energia para os biocombustíveis, que o projecto da petrolífera vai avançar "baseado na importação de oleaginosas".

No entanto, afirmou que a empresa está já a desenvolver contratos de fornecimento de longo prazo de matérias-primas para o biodiesel e está disponível para promover projectos agrícolas para produção de óleos.

"Desde que nos ofereçam cereais a preços competitivos, estamos disponíveis para os transformar", afirmou o presidente executivo, que durante a sessão de apresentação manifestou o objectivo da Galp Energia estar presente em toda a cadeia de valor dos biocombustíveis, desde a produção da matéria-prima, à produção de bio-componentes e finalmente, à fase da distribuição e comercialização.

Para a produção anual das 500 mil toneladas de biocombustível, que a Galp Energia se propõe atingir até 2010, precisa de uma área agrícola de 400 mil hectares, dependendo da oleagionosa em questão.

O biodiesel de segunda geração, que a Galp vai começar a produzir nas refinarias do Porto e, depois, em Sines, pode ser produzido a partir de qualquer óleo vegetal. A Galp Energia anunciou um investimento de 225 milhões de euros na adaptação e posterior 'up grade' dos sistema da refinaria do Porto, que lhe permitirá produzir 200 mil toneladas anuais de biodiesel de segunda geração.

O investimento diz ainda respeito à criação de uma unidade na refinaria de Sines, que elevará a produção de biodiesel da Galp Energia até às 500 mil toneladas anuais até 2010, correspondentes a dois terços da meta nacional definida pelo Governo.

O biodiesel de segunda geração é um combustível renovável, capaz de reduzir em 75 por cento as emissões de dióxido de carbono para a atmosfera.

(in DN)
publicado por saqv_ps às 08:21

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 




mais sobre mim
pesquisar
 
Março 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
15
17

18
20
22
24

25
27
29
31


Últ. comentários
pelo visto o plano do governo nao deu certo..
"Se as contas forem feitas de acordo com toda a ág...
Sinceramente estava mais que na altura... já a his...
Como é que é possível a média em Portugal ser de 1...
é isso ai, Alan, vc já expressou mto bem as palavr...
Parabéns á Sofia Guedes Vaz, pelo belo projeto des...
hf4YJU <a href=\"http://ukuhehkemvit.com/...
Está na hora do PS se ir embora
"As empresas de construção têm à sua disposição um...
Realmente, como é que jornalistas e quercus fazem ...
subscrever feeds