Este Blog pretende ser também um traço de união entre quem sente, interpreta e decide o Ambiente e a Qualidade de Vida.
Terça-feira, 07 de Fevereiro de 2006

suecia2.jpgSuécia: Ano 2020!

A ministra sueca do Desenvolvimento Sustentado, Mona Sahlin, declarou que o seu país será o primeiro a quebrar a dependência da energia de origem fóssil.
A Suécia acabará de consumir petróleo em 2020 e provavelmente o abastecimento do país será baseado em energia renovável.

O objectivo é gradualmente libertar o país dos automóveis abastecidos a gasolina e casas aquecidas a gasóleo. Este objectivo será alcançado através de taxas premiando a maior eficiência no consumo e por investimentos em larga escala em energias renováveis e investigação.

Já no próximo ano serão lançados incentivos para as famílias possuidoras de habitação alterarem a alimentação dos seus sistemas de aquecimento do petróleo para as energias renováveis.

Tais incentivos financeiros já estão disponíveis para livrarias, recintos aquáticos e hospitais que pretendam trocar para uma energia mais eficiente. A expansão do calor à distância continua a ser uma ferramenta importante neste processo.
suecia1.jpg
O Governo sueco também pretende tornar mais económicos os automóveis amigos do ambiente. Uma das maneiras de o conseguir é não submeter os combustíveis que não provoquem CO2 ao imposto de energia ou apenas a 10% deste. Estes veículos também não ficarão sujeitos a taxas de circulação a serem introduzidas em Janeiro 2006 e muitos municípios permitirão estacionamento gratuito a estes carros.

O Parlamento sueco aprovou por unanimidade 15 objectivos nacionais incluindo o fim da utilização de químicos perigosos em 2020 assegurando que todos os lagos e cursos de água sejam ecologicamente sustentáveis, os seus habitats e garantida a reserva ecológica de água.
publicado por saqv_ps às 21:06

Por isso é que há países que continuam na vanguarda do progresso, caminhando rumo a sociedades mais justas equilibradas e desenvolvidas e outros que ambicionando riqueza a todo o preço mais e mais se aproximam das "economias (ditas) emergentes" da América Latina, marcadas por por um capitalismo irracional.

Não é assim que se promove um desenvolvimento sustentável.
JMC a 10 de Fevereiro de 2006 às 10:33

É inevitavel!
Todos temos que acordar para esta realidade.
Jlio Bento a 8 de Fevereiro de 2006 às 12:32



mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
13
15
17
18

19
20
21
24
25

26
27
28


Últ. comentários
pelo visto o plano do governo nao deu certo..
"Se as contas forem feitas de acordo com toda a ág...
Sinceramente estava mais que na altura... já a his...
Como é que é possível a média em Portugal ser de 1...
é isso ai, Alan, vc já expressou mto bem as palavr...
Parabéns á Sofia Guedes Vaz, pelo belo projeto des...
hf4YJU <a href=\"http://ukuhehkemvit.com/...
Está na hora do PS se ir embora
"As empresas de construção têm à sua disposição um...
Realmente, como é que jornalistas e quercus fazem ...