Este Blog pretende ser também um traço de união entre quem sente, interpreta e decide o Ambiente e a Qualidade de Vida.
Quinta-feira, 05 de Março de 2009

O ministro do Ambiente, Ordenamento do Território e Desenvolvimento Regional anunciou ontem, em Amarante, que até ao Verão serão eliminadas as mais de 700 sucatas ilegais de automóveis, identificadas em Junho de 2008.

 

O ministro falava à margem da inauguração da Re-Source Portuguesa, localizada em Fregim, Amarante, unidade industrial que vai criar 50 postos de trabalho e tem capacidade para receber cerca de seis mil automóveis por ano, a uma cadência de 25 unidades por dia.

O ministro, que esteve acompanhado pelo secretário de Estado do Ambiente, Humberto Rosa, lembrou que "há toda uma actividade económica que se está a desenvolver. É uma daquelas medidas onde o ambiente e a economia beneficiam ambos".

Nunes Correia salientou "a qualidade" da instalação industrial inaugurada, onde é feita a desmontagem dos veículos em fim de vida (VFV) e "o aproveitamento de mais de 80 por cento dos seus materiais".

O ministro classificou ainda o programa de erradicação das sucatas como "uma história de sucesso", por "conciliar um enquadramento legal, um conjunto de medidas fiscais e ainda operações logísticas de remoção das sucatas ilegais".

O governante lembrou que só a entrega do VFV a um centro de abate licenciado permitirá ao proprietário deixar de pagar anualmente o Imposto Único de Circulação (UIC), medida que acabou com os carros velhos abandonados nas ruas.

O director-geral da Valorcar, entidade certificadora dos centros de abate e reciclagem dos VFV, disse que apenas dois distritos no Continente e a Madeira e Açores não dispõem de unidades de desmantelamento.

"Até ao Verão os centros de abate de veículos da Guarda e de Beja, já em instalação, entrarão em funcionamento, ficando cobertos todos os distritos do Continente", disse Ricardo Furtado, acrescentando que as ilhas serão cobertas por três centros, um no Funchal (Madeira) e dois nos Açores (ilhas Terceira e S. Miguel).

Além desta unidade de Amarante, a mais moderna e única no país por ter uma linha completa de desmantelamento e reciclagem de todos os materiais, estão em funcionamento 43 centros de abate de veículos.

No ano de 2008 foram reciclados nos centros da Valorcar cerca de 88 mil veículos, quase o dobro dos veículos abatidos no ano anterior.

publicado por saqv_ps às 10:55

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 




mais sobre mim
pesquisar
 
Março 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
24
25
26
28

29
31


Últ. comentários
pelo visto o plano do governo nao deu certo..
"Se as contas forem feitas de acordo com toda a ág...
Sinceramente estava mais que na altura... já a his...
Como é que é possível a média em Portugal ser de 1...
é isso ai, Alan, vc já expressou mto bem as palavr...
Parabéns á Sofia Guedes Vaz, pelo belo projeto des...
hf4YJU <a href=\"http://ukuhehkemvit.com/...
Está na hora do PS se ir embora
"As empresas de construção têm à sua disposição um...
Realmente, como é que jornalistas e quercus fazem ...
subscrever feeds